• O Antagônico

Uruará. As Mensagens de WhatsApp. Os Agentes Públicos e o Crime Eleitoral



O promotor de justiça de Uruará, Dirk Costa de Mattos Júnior, determinou a instauração de Procedimento Investigatório Criminal Eleitoral para apurar a autoria e materialidade do crime previsto no art. 39, §5º, II, da Lei Federal nº 9.504/1997, consistente no encaminhamento de mensagens via aplicativo eletrônico, WhatsApp, no dia do pleito eleitoral, 15 de novembro de 2020, solicitando votos a agentes públicos para beneficiar candidatos.

236 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo